Notícias

encontro-preparatorio-das-encenacoes-da-semana-santa_10_3460.jpg

03 de marco de 2020

Encontro Preparatório das Encenações da Semana Santa

Nesse domingo, dia 1º de março, iniciaram os preparativos para as Encenações da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. Na Missa das 18h, celebrada pelo pároco Frei Jadir Segala, ocorreu o Envio de os personagens e envolvidos nas Encenações. Após, o Movimento de Emaús realizou encontro preparatório e de formação sobre a Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. O momento foi conduzido por Giovanni Mattiello, que apresentou um resumo da vida de Jesus e dos contextos, sentimentos e ideias do povo Judeu e dos demais personagens.

Mattiello explicou que o fato mais marcante para os hebreus era a Aliança que Deus fez com o povo ao libertá-lo da escravidão no Egito e dar-lhe a Terra Prometida, Israel. Nela, Deus se compromete a tornar a nação Santa, e os hebreus se comprometem a seguir todas as leis de Deus. Isso ocorreu aproximadamente 1300 anos antes de Cristo.

Após a Aliança, o povo judeu foi dominado por outros povos e sofria muito. Nesse contexto, havia a expectativa da vinda do Messias: se as leis fossem cumpridas rigorosamente, Deus ouviria os anseios do povo e enviaria o Messias.

Jesus é o Messias predito pelos profetas, mas não veio da forma que o povo aguardava. Ele desafia o estrito cumprimento das normas proposto pelos fariseus. Veio ao mundo para anunciar e demonstrar o que é o Reino de Deus (por meio de milagres e parábolas), para nos revelar quem é Deus (“quem me viu, viu o Pai”) e para demonstrar que o Caminho para chegar a Deus era o amor e a confiança na graça. Isso tudo abala profundamente aquela sociedade e resulta no julgamento e condenação à Morte de Jesus Cristo.

 

Créditos: Camila Veronese.

PUBLICADO POR: Emaús
CATEGORIAS: Emaús, Geral